12/05/2009

É, pimenta nos olhos do outro não arde

Chilli peppersImage via Wikipedia

A pretexto de condenar a "radicalização" no Sul, Aécio afirmou: ”O que vejo no Rio Grande do Sul, infelizmente, é que a radicalização tem prevalecido sobre a busca de um convívio entre governo e oposição um pouco mais equilibrado".Traduzindo Aécio: quando é com eles, quando o escândalo, a irregularidade, a corrupção denunciados foi praticado por um deles é "radicalização". Quando é com os adversários deles, aí sim, endurecem o jogo, exigem apuração, tem que ter CPI - vale tudo. Não há presunção da inocência e sim pré-julgamento, linchamento público, e até tentativa de impeachment como pensaram e tentaram contra o presidente Lula.
Reblog this post [with Zemanta]

Um comentário:

Edson disse...

O bom seria fazer pimenta do reino com TODOS os polítidos brasileiros, ou seja, moê-los.
Ma não existe maturidade política num país de 200 anos, não é mesmo?